2008-03-06

Sivaratri

3 comments:

vestigiosdeincendio said...

Da figura mais estática à cena mais dinâmica e movimentada, os traços dos teus desenhos nunca deixam de transmitir harmonia, calma e serenidade. Aprendemos isso nas artes marciais, o centro calmo, a mente focada, o "aiki". Não quero correr o risco de parecer um fã histérico e "shoegazer", mas não pude deixar de marcar vivamente o quanto gosto da tua arte. Um grande grande abraço, João.

Ven said...

Se ao menos ele trabalhasse um pouco mais...


:P

Vítor Hugo said...

Exalta a imagem ao toque suave, e ainda assim tenaz, da provocante ironia que verte pelos seus olhos, fechados é certo.

Um suspiro e a vida redobra-se.

Ao largo esquece-se um espasmo cinturado.

Um hiato e a vida, mordaz, entrega-se.

Grande abraço, João.